Quem somos



A chegada do terceiro milênio foi um dos eventos mais festejados da história da humanidade. Para os evangélicos, esse foi um momento ansiosamente aguardado, não apenas pelo limiar do 21º século do cristianismo; mas, principalmente, pela expectativa do iminente retorno de Jesus Cristo à terra para buscar o Seu povo e deflagrar a transição para a Era Milenar, áurea da mensagem subliminar das Escrituras, indicando o desfecho da Dispensação da Graça.

Nesse contexto, nasceu a igreja Assembleia de Deus - Ministério da Plenitude, na Cidade do Natal, Capital do Rio Grande do Norte, sob a égide da fé em Deus e a esperança de que o Espírito Santo ajudará a igreja no resgate dos mais lídimos valores do cristianismo, conforme ensinado por Seu Fundador.

 

1 - O que Somos

Somos uma igreja cristã evangélica pentecostal que prima pela ortodoxia doutrinária, tendo a Bíblia como a única regra de fé e prática e origem no reavivamento pentecostal do início do século XX.

A exemplo dos cristãos da Igreja Primitiva, falamos em línguas quando recebemos o batismo no Espírito Santo, e experimentamos outras manifestações sobrenaturais, como profecia, interpretação de línguas, curas e conversões, conforme At 2.

Existimos, oficialmente, desde 02 de fevereiro de 2002, data de fundação da ADEMP.

 

2 - A Nossa Identidade Histórica

Somos uma igreja protestante, segundo os princípios da Reforma pregada por Lutero, no século XVI. Cremos que qualquer pessoa pode dirigir-se diretamente a Deus baseada no sacrifício vicário de Jesus Cristo, no Calvário.

Embora menos formais em nossa adoração a Deus que outras denominações, nos identificamos com elas na fundamentação bíblico-doutrinária, exceto quanto à doutrina pentecostal (Hb 4.14-16; 6.20; Ef 2.18); nisto, nos distinguimos de outras igrejas, pois cremos que o batismo no Espírito Santo gera vários benefícios, como o poder para testemunhar e servir aos outros; a dedicação à obra de Deus; um amor mais intenso por Cristo, pela Palavra e pelos perdidos; além dos dons espirituais (At 1.4,8; 8.15-17).

Cremos e pregamos que, quando o Espírito Santo é derramado, Ele enche o crente, o qual fala em línguas como aconteceu com os 120 fiéis no Cenáculo, no Dia de Pentecostes. Embora sabendo que esta convicção pentecostal é distintiva, não nos consideramos mais importante que os demais irmãos denominacionais!

O nosso credo enfatiza a salvação pela fé no sacrifício vicário de Cristo, a atualidade do batismo e dos dons do Espírito Santo e a bendita esperança na segunda vinda de Jesus.

 

3 - A Nossa Missão

Nossa missão contempla as características básicas do modelo praticado por Cristo, a saber:

  • Jesus foi enviado pelo Pai para ser Seu representante na terra, para revelar a Sua graça e demonstrar a Sua justiça (Jo 1.12-14; Rm 3.21-26);
  • Jesus viveu praticando a vontade do Pai, foi fiel a Ele e rejeitou Satanás (Mt 4.1-11);
  • Jesus foi guiado e dirigido pelo Espírito Santo (Lc 4.18-21), de quem recebeu o poder para servir ao Pai e à humanidade, e em cujo poder foi ressurreto (Rm 1.1-4);
  • Jesus foi obediente até a morte e morte de cruz (Fp 2.5-11);
  • Jesus tornou-se plenamente solidário com a humanidade em sua necessidade e sofrimento; sem, porém, cooptar pelo pecado (Hb 2.14-18).

No cumprimento dessa missão, devemos agir sacerdotal, profética e humanitariamente, cuidando da nossa responsabilidade espiritual, sem nos descuidarmos de pregar contra a iniqüidade social e de agir em favor dos menos favorecidos socialmente.

 

4 - Os Nossos Objetivos

  • Promover a adoração ao Deus Trino, mediante reuniões de pregação, oração, louvor, testemunhos e comunhão; Jo 4.23; At 2.1; 4.31.
  • Proclamar as Boas Novas da salvação em Jesus Cristo, visando a alcançar as pessoas ainda não evangelizadas [kérigma]; Mc 16.15.
  • Ministrar o ensino sistemático da Palavra de Deus, visando a confirmar as pessoas já evangelizadas [didaquê]; Mt 28.19.
  • Sustentar uma norma de conduta moral dos santos, fundamentada na Palavra de Deus; Mt 5.13-16.
  • Exercitar a comunhão como modelo de convivência da família cristã [koinonia]; At 2.42.
  • Estimular a caridade fraternal no meio da família cristã [philadelphia]; Hb 13.1.
  • Exercer a humanidade para com todos [philantrophia]; At 28.2.
  • Ministrar as bênçãos espirituais recebidos do Pai, do Filho e do Espírito Santo, em favor da humanidade. Mt 10.8; 1Pe 4.10.

 

5 - Os Nossos Programas

Para cumprir sua missão e alcançar seus objetivos, a ADEMP definiu alguns Programas de Trabalho que norteiam as Ações de cada segmento da igreja. São eles:

O Programa de Ação Social da ADEMP compreende:

  • A promoção de campanhas e mutirões de alcance social;
  • O socorro individual a famílias da igreja, em situações eventuais de carência em necessidades básicas;
  • O incentivo à participação de membros e congregados no  Programa;
  • O apoio a entidades cristãs evangélicas de amparo a crianças e a idosos.

O órgão responsável por esse Programa é o Departamento de Ação Social - DEPAS, cuja ação abrange a igreja sede e suas descendentes (igrejas filiadas, congregações e missões existentes ou que venha a integrar a ADEMP).

Para o desenvolvimento de suas atividades, primordialmente, o DEPAS conta com os talentos existentes na igreja, sem exclusão da possibilidade de apresentar à Diretoria nomes de pessoas devidamente qualificadas, dentre as demais organizações cristãs, para eventual cooperação com a ADEMP.

O Programa de Adoração da ADEMP compreende:

  • A realização de cultos regulares de louvor;
  • A realização de cultos regulares de oração;
  • A realização de círculos de oração para os grupos etários;
  • A realização de vigílias de oração e louvor;
  • A realização de outras reuniões específicas para esse fim.

Os órgãos responsáveis por esse Programa, além da própria Diretoria da igreja, são as Coordenadorias da Infância, da Juventude e de Senhoras, na igreja sede e nas descendentes (igrejas filiadas, congregações e missões existentes ou que venham a integrar a ADEMP).

Para o desenvolvimento de suas atividades, primordialmente, a igreja conta com os seus próprios talentos, sem exclusão da possibilidade de solicitar o apoio e a eventual cooperação de pessoas devidamente qualificadas, dentre as organizações cristãs co-irmãs.

O Programa de Comunhão Cristã da ADEMP compreende:

  • A realização de cultos regulares de Ceia do Senhor;
  • A programação de visitas aos lares com finalidade social;
  • O estímulo à comunicação permanente entre os membros, por meio de telefone e internet;
  • A participação em eventos de natureza sócio-cultural e recreativa;
  • A realização de outras ações adequadas para esse fim.

Os órgãos responsáveis por esse Programa, além da própria Diretoria da igreja, são as Coordenadorias da Infância, da Juventude e de Senhoras, na igreja sede e nas descendentes (igrejas filiadas, congregações e missões existentes ou que venham a integrar a ADEMP).

Para o desenvolvimento de suas atividades, primordialmente, a igreja conta com os seus próprios talentos, sem exclusão da possibilidade de solicitar o apoio e a eventual cooperação de pessoas devidamente qualificadas, dentre as organizações cristãs co-irmãs.

O Programa de Educação Cristã da ADEMP compreende:

  • O desenvolvimento das atividades da Escola Bíblica Dominical (E.B.D.);
  • A promoção de seminários, simpósios, encontros, visitas e outros eventos que visem à educação cristã;
  • O incentivo aos membros e congregados para a participação dos mesmos nas ações de educação cristã;
  • A seleção e/ou a elaboração de materiais instrucionais sobre temas para estudos;
  • O apoio ao CIFOR - Centro Integrado de Formação Ministerial e Profissional da ADEMP.

O órgão responsável por esse Programa é o Departamento de Educação Cristã - DEPEC, cuja ação abrange a igreja sede e suas descendentes (igrejas filiadas, congregações e missões existentes ou que venham a integrar a ADEMP).

Para o desenvolvimento de suas atividades, primordialmente, o DEPEC conta com os talentos existentes na igreja, sem exclusão da possibilidade de apresentar à Diretoria nomes de pessoas devidamente qualificadas, dentre as organizações cristãs co-irmãs, para eventual cooperação com a ADEMP.

O Programa de Evangelização da ADEMP compreende:

  • A promoção de ações evangelísticas em geral;
  • A preparação dos participantes das ações evangelísticas;
  • A visita e o discipulado aos novos convertidos;
  • A seleção e/ou a elaboração de materiais a serem utilizadas na evangelização;
  • O incentivo aos membros e congregados para participarem das ações evangelísticas.

O órgão responsável por esse Programa é o Departamento de Evangelização - DEPEV, cuja ação abrange a igreja sede e suas descendentes (igrejas filiadas, congregações e missões existentes ou que venham a integrar a ADEMP).

Para o desenvolvimento de suas atividades, primordialmente, o DEPEV conta com os talentos existentes na igreja, sem exclusão da possibilidade de apresentar à Diretoria nomes de pessoas devidamente qualificadas, dentre as demais organizações cristãs, para eventual cooperação com a ADEMP.

O Programa de Gestão Eclesiástica da ADEMP compreende:

  • O planejamento da ação eclesiástica, em toda a sua extensão;
  • A organização e a execução das atividades de competência direta da secretaria e da tesouraria;
  • A supervisão de todas as ações realizadas pelos diversos órgãos setoriais;
  • O suprimento de bens materiais e talentos necessários à execução dos diversos programas de trabalho;
  • A avaliação da ação eclesiástica, em toda a sua extensão.

O órgão responsável por esse Programa é a própria Diretoria da igreja, cuja ação abrange a sede e suas descendentes (igrejas filiadas, congregações e missões existentes ou que venham a integrar a ADEMP).

Para o desenvolvimento de suas atividades, primordialmente, a igreja conta com os seus próprios talentos, sem exclusão da possibilidade de solicitar o apoio e a eventual cooperação de pessoas devidamente qualificadas, dentre as organizações cristãs co-irmãs.

O Programa de Infraestrutura Eclesiástica da ADEMP compreende, especificamente:

  • A elaboração de um plano de obras necessárias ao bom funcionamento da igreja;
  • A contratação de projetos de arquitetura e seus complementares;
  • A construção de templos e outras edificações;
  • A execução de reformas e adequações necessárias nessas edificações;
  • A manutenção permanente dos imóveis da igreja.

A execução desse Programa é de responsabilidade da própria Diretoria da igreja, através de uma Comissão Técnica cuja ação abrange a igreja sede e suas descendentes (igrejas filiadas, congregações e missões existentes ou que venha a integrar a ADEMP).

Para o desenvolvimento de suas atividades, a Comissão conta com os talentos existentes na igreja, sem exclusão da possibilidade de contratação dos serviços profissionais de pessoas devidamente qualificadas; preferencialmente, dentre as demais organizações cristãs.

6 - Os Princípios de Cidadania Cristã que Defendemos

A ADEMP É UMA IGREJA QUE:

  • Admite a família como a base da estrutura social da igreja.
  • Ampara, defende a dignidade e estimula a integração eclesiástica do idoso.
  • Apóia a liberdade de pensamento e expressão que não agrida as Sagradas Escrituras.
  • Assegura a participação do membro no seu processo de gestão.
  • Defende a preservação do meio ambiente como indispensável à qualidade de vida no planeta.
  • Dizima com regularidade e fidelidade.
  • Estimula a integração e a promoção do membro na sociedade produtiva.
  • Estimula e apoia o desenvolvimento do jovem.
  • Incentiva o acesso de seus membros à educação e à cultura.
  • Prioriza e protege a criança e o adolescente.
  • Recebe sem acepção de pessoas.
  • Reconhece a importância e a procedência bíblica do ministério das mulheres.
  • Trata adequadamente a pessoa portadora de deficiência física.
  • Zela pela convivência harmoniosa das igrejas cristãs.